Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Município de Ijuí-RS

Sobre a NFS-e

A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) é o documento fiscal de existência apenas digital que substituirá as tradicionais notas fiscais de serviços impressas. A NFS-e será emitida e armazenada eletronicamente em programa de computador da Prefeitura Municipal de Ijuí, com o objetivo de materializar os fatos geradores do ISS – Imposto Sobre Serviços, por meio do registro eletrônico das prestações de serviços sujeitas à tributação do ISS.

Coisas que você precisa saber

Informações importantes

Critérios para ser emitente

Todas as pessoas jurídicas sediadas no Município de Ijuí estão obrigadas à emissão de NFS-e. Às pessoas físicas é facultativa a emissão de NFS-e. É necessário estar regularizado em relação ao Alvará de Funcionamento para poder tornar-se emitente de NFS-e.

 

 

Sobre o Alvará de Funcionamento
Credenciamento

Efetue o preenchimento do formulário de credenciamento, imprima o formulário e o assine (responsável legal pela empresa). Formalize a solicitação presencialmente, entregando-a no Setor de Protocolo Geral, localizado na sede da Prefeitura, e aguarde o recebimento da senha provisória no e-mail cadastrado.

 

Solicitar Acesso
Geração da NFS-e

As NFS-e podem ser geradas on-line por meio de um browser, ou ainda, por meio de processamento de arquivos no formato XML. Os prestadores de serviços podem conectar seu Sistema de Gestão (ERP) com o Sistema NFS-e, para a emissão automatizada de notas, mediante o envio de arquivos no formato XML, em conformidade com o Padrão Abrasf 1.0. Na galeria de vídeos há um passo-a-passo de como emitir as NFS-e pelo navegador da internet.

Assistir Videos

Galeria de Vídeos

Ambiente teste da NFS-e

Antes de começar a utilizar a NFS-e, familiarize-se com o programa acessando o ambiente de testes. As ações realizadas neste ambiente não têm nenhum efeito.